Lula diz que se identifica com ex-líder marxista

Presidente recorda conversas com Sam Nujoma nos anos 80, quando ambos tinham ‘as mesmas aspirações’

WINDHOEK, Namíbia – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva Lula fez ontem questão de assinalar sua proximidade ideológica com o presidente Sam Nujoma, um ex-líder marxista que governa o país desde sua independência, em março de 1990. Lula lembrou ter conhecido o dirigente da Organização Popular do Sudoeste da África (Swapo) nos anos 80, quando o grupo lutava pela independência em relação à África do Sul.

“Recordo vivamente nossas conversas na década de 80, quando pude identificar no então líder da Swapo as mesmas aspirações que sempre estiveram no centro de minhas preocupações políticas”, discursou Lula, no jantar em sua homenagem na State House, a residência oficial do presidente, onde Lula se hospedou, depois de chegar ontem a Windhoek, capital da Namíbia, às 16h45 (12h45 em Brasília).

“Partilhamos os mesmos compromissos com a paz, a tolerância, a democracia e o progresso econômico e social”, assinalou Lula. A Namíbia realizou eleição para presidente em dezembro de 1999, com a vitória de Nujoma, que já estava no cargo. A próxima eleição está prevista para o ano que vem.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*