Haiti

Haiti

Haitianos fazem fila para retirar suas economias

PORTO PRÍNCIPE  – As agências bancárias que não foram destruídas pelo terremoto do dia 12 reabriram ontem às 9 horas em Porto Príncipe, permitindo pela primeira vez aos moradores da capital ter acesso ao seu dinheiro para comprar água e comida.

Haiti

Maior desafio no Haiti é coordenar ajuda externa

PORTO PRÍNCIPE – O Estado haitiano já era profundamente disfuncional antes do dia 12. Um dos aspectos mais trágicos do terremoto é que ele dizimou o que restava desse Estado, no momento em que a população mais necessita dele.